A drag queen Jasmine Masters
A drag queen Jasmine Masters (Foto: Divulgação)

Um dos assuntos que é considerado tabu dentro do universo drag é o fato de mulheres desenvolverem o trabalho como performer. A própria RuPaul já se manifestou de maneira contrária. Agora, Jasmine Masters, que participou da sétima temporada de Drag Race, explicou em seu canal do YouTube seu posicionamento sobre o assunto.

Segundo a queen, quando iniciou a carreira trabalhava com pessoas de variados gêneros e isso necessariamente não foi um erro. “Drag kings, drag queens, transgêneros, mulheres cis. Eu cresci em uma época em que eu me apresentava com [pessoas trans], drag queens, e agora… bio rainhas, biomen”, lembrou.

“Havia apenas uma variedade. Strippers, strippers masculinos, strippers femininas. Se você era gay, ou se você nos aceitava e você estava no clube, e tinha algum talento, você seria capaz de subir ao palco. Era mais como um show de variedades. Eu não sei qual é o problema de todo mundo que se incomoda com as mulheres drags no programa”, continuou


LEIA MAIS:

Maura, Ionan e Selma terminam juntos e Doralice conhece namorado francês em Segundo Sol

Irmãos gêmeos e transexuais contam como foi fazer a transição juntos

Jasmine ainda completou ao chamar de “merda ignorante” aquelas pessoas que se queixam de artistas do sexo feminino e ainda acredita que a presença de um elenco mais diverso no show traria um retorno financeiro. Se estamos reclamando de pessoas que querem estar do nosso lado e trabalhar conosco, seja nos ajudando a crescer como comunidade ou a trabalhar em nosso show, não podemos reclamar. Apenas cale a boca, vamos todos nos divertir.

Vale lembrar que RuPaul causou polêmica em março deste ano quando disse em entrevista ao The Guardian, que provavelmente não aceitaria pessoas transgênero ou em processo de transição no elenco do reality show. “Você pode se identificar como mulher e dizer que está em transição, mas isso muda quando você começa a mudar de corpo. Isso assume uma coisa diferente; isso muda todo o conceito do que estamos fazendo. Tivemos algumas garotas que tiveram algumas injeções no rosto e talvez um pouco na bunda aqui e ali, mas não fizeram a transição”, disse Mama Ru na ocasião.