Pabllo Vittar, Daniela Mercury, Nanda Costa e outros famosos se manifestam a favor da criminalização da LGBTfobia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Supremo Tribunal Federal (STF) deu início ao julgamento que analisa os pedidos de criminalização da LGBTfobia. A sessão acontece nesta terça-feira (13), em Brasília, e tem recebido o apoio de vários famosos nas redes sociais.

Através das hashtags “#ÉCrimeSim” e “#CriminalizaSTF”, Pabllo Vittar, Daniela Mercury, Nanda Costa, Kéfera, se mostraram favoráveis à medida. Lia Clark, Tia Má, Gloria Groove, Bruna Linzmeyer, Maísa Silva entre outros também se pronunciaram.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS:

STF começa a julgar criminalização da LGBTfobia nesta quarta (13)

Filme sobre cura gay, O Mau Exemplo de Cameron Post estreia no Brasil

Marcada para às 14h, a reunião discute se todas as formas de ofensa, sendo elas individuais ou coletivas contra LGBTs devem ser consideradas crimes. Os textos esperam que essas condutas sejam enquadradas como crimes de racismo, até uma definição do legislativo sobre os casos. 

As ações são movidas pela Associação Brasileira de Lésbicas, Gays e Transgêneros (ABGLT) e o Partido Socialista (PPS). Os projetos de lei tramitam na Corte desde 2013.

 

 

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio