Eyshila e filho mais novo, Lucas Santos (Reprodução/Instagram)
Eyshila e filho mais novo, Lucas Santos (Reprodução/Instagram)

A cantora gospel Eyshila usou seu perfil do Instagram nesta tarde de segunda-feira (27), para se pronunciar sobre o fato de seu filho, Lucas Santos, ter virado drag queen.

Em um texto emocionante, Eyshila deixou claro que, mesmo não concordando com as “escolhas” de vida do filho mais novo, ela vai ama-lo. Além disso, Eyshila pediu para os pais “amarem seus filhos sem culpa”.

“Os pais só podem fazer sexo, mas garantir a vida só quem pode é Deus. Nossos filhos são herança do Senhor, mas não são nossa propriedade. Eles são nossos filhos, não nossos troféus”, iniciou Eyshila.


“Eles são nossos, mas são seres independentes. Não são a nossa continuação, mas tem sua própria história, com suas escolhas e suas experiências. Pais, amem seus filhos! Amem e expressem isso em palavras e atitudes”, completou a artista.

E acrescentou: “Antes de serem nossos filhos eles pertencem a Deus. Assim como Deus nos ama incondicionalmente, AMEMOS nossos filhos também. Amemos mesmo sem concordar com seus erros. Amemos sem compactuar com suas escolhas”.

Para finalizar, Eyshila afirmou, mais uma vez, que ninguém deve ter medo ou vergonha de amar alguém: “Amemos sem culpa e sem vergonha alguma. Afinal, quem ama não deve nada a ninguém. Nem explicações…”.

O caso envolvendo Lucas surgiu no último final de semana, após o rapaz publicar uma série de fotos montado de drag queen. Além disso, ele postou um vídeo fazendo um cover de Lana Del Rey.

Lucas também é sobrinho de Silas Malafaia – seu pai é irmão da esposa do polêmico pastor. O rapaz não é a primeira pessoa da família de Malafaia a se revelar membro da comunidade LGBTQ+. O modelo Rodrigo Malafaia, namorado de Leandro Buenno, assumiu no ano passado ser rejeitado pela família por ser gay.