Ex-namorada de Freddie Mercury relembra quando descobriu que cantor era gay

Primeira namorada de Mercury conta que percebeu homossexualidade do cantor durante visita a Museu

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta semana, a artista Rose Pearson, primeira namorada do ex-líder da banda Queen, Freddie Mercury, relembrou quando caiu a ficha de que o astro da música era homossexual. Durante o documentário “A Life in 10 Pictures”, Rose abriu o coração e falou sobre os momentos que viveu ao lado do falecido cantor.

A ex-companheira de Mercury conta que durante visita ao Museu Victoria e Albert, em Londres, percebeu que ele ficou entusiasmado com os nus masculinos da exposição. “Fomos ao V&A e vimos as fotos de Eadweard Muybridge de homens lutando nus”, disse. “Eu vi que ela estava apaixonado de modo que ia além da apreciação de arte. Então nós fomos ver Women in Love [filme britânico de 1970] e ele ficou estupefato na cena de luta. Ele queria ficar no cinema para ver tudo de novo. Meu sangue gelou, não porque era um filme ruim, mas pelo que isso significava”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pearson também conta que conheceu Mercury enquanto estudava na Ealing Art College, quando ele ainda se chamava Farrokh Bulsara. A artista conta que o relacionamento do casal era ‘físico e emocional’, mas que tudo mudou após a visita ao Museu Victoria e Albert, e sua excitação ao ver os modelos masculinos.

Eu soube que não éramos a pessoa certa um para o outro e que ele queria, desesperadamente, um relacionamento com um homem”, afirmou ao Radio Times. Para finalizar, a artista conta que Freddie ficou arrasado com o fim do namoro, pois amava Rose verdadeiramente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio