Cantora DAY (Reprodução)
Cantora DAY (Reprodução)

A cantora DAY, destaque da 6ª temporada do The Voice Brasil, afirmou que durante o período que esteve na igreja evangélica pregava mentiras. A declaração foi dada durante uma entrevista ao portal Uol.

Criada na Igreja, DAY, que quase se tornou pastora, hoje tem um perfil distante do conservador. Abertamente lésbica, a artista afirmou que o tempo que viveu na religião se sentia culpada por ser LGBT+.

“As pessoas falavam muito que Deus não gostava de sentimento de culpa. Eu via que as pessoas não agiam dessa forma: tudo que elas falavam era para me fazer sentir culpada. Quando comecei a ficar incomodada com a culpa que estava sentindo, falei: isso não é de Deus. Se o Deus que amo tanto e que falam que me ama deixar de me amar por ser quem eu sou, deixa de ser Deus”, afirmou.


DAY fez questão de afirmar que a sua experiência como evangélica não foi das melhores, no entanto, não acredita que seja da mesma forma com outras pessoas, já que conhece pessoas felizes dentro da religião.

“Teve um momento da minha adolescência que eu estava liderando jovens e falando que tinha vencido minhas tentações homossexuais. Eu estava mentindo para essas pessoas, sabia que o buraco era muito mais embaixo, não tinha vencido nada”, disse.