Ex-cantor gospel denuncia métodos de exorcismo para cura gay

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O cantor e influenciador digital, Vittu (@euvittu), de 25 anos, compartilhou um depoimento emocionante em seu perfil no Instagram, sobre o ‘processo de reversão sexual’ em que era obrigado a participar.

As técnicas incluíam reuniões privadas, jejuns severos, longos períodos de oração de joelhos dobrados em grãos de milho, uma rotina intensa de leituras bíblicas que priorizavam textos de opressão a homossexuais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vittu chegou a cometer violência e auto flagelação em seu corpo, acreditando que a única saída seria a de se submeter a uma sessão de exorcismo. Porém, sua história mudou após receber uma mensagem de um cantor gospel famoso, em tom de pedido de socorro, onde esse cantor narrava todas as suas tentativas frustradas de “curar-se da homossexualidade”, tendo como resultado um casamento de fachada.

Por causa desse episódio, Vittu percebe a infelicidade de levar uma vida sem liberdade e decide abandonar o método de reversão sexual. Neste ano, o cantor lançou “Alô, Alô, São Paulo” nas plataformas de streamings, onde a canção mistura R&B, Soul Music e Pop, prometendo apresentar o novo Vittu, livre consigo mesmo, para toda a indústria da música.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio