Chanacomchana
Chanacomchana (reprodução)

A temática LGBT+ deve estar presente, também, no campo da arte, literatura e ambientes acadêmicos. Nesse sentido, webinários e debates discutem abertamente sobre o papel feminino na arte, cultura e comunicação.

O evento elege projetos que discutem questões LGBTQIA+, discriminação, assédio e uso de novas linguagens de mídia para receberem mentorias. Débora Martins é a idealizadora do Mulheres de verdade: o Boletim Chanacomchana, cuja história já reportamos aqui, e a identidade lésbica feminista no Brasil.

“A partir dessa pesquisa, outras mulheres terão espaço para aprofundar as reflexões pertinentes à lesbiandade; possibilitando assim acesso à história, cultura e memória LGBTQIA+ e à transformação social a partir delas”, destaca o documento informativo.


O projeto chegou ao fim após uma explanação muito rica e participativa. Durante o período que esteve no ar, o evento de cunho social contou com atividades gratuitas e forte protagonismo feminino.