Milton Ribeiro
Milton Ribeiro (Reprodução TV Globo)

Após tecer críticas fervorosas a LGBT, atrelando a homossexualidade a famílias desajustadas, Milton Ribeiro, ministro da Educação, justificou-se neste domingo (27).

A entrevista foi concedida ao jornal “O Estado de S. Paulo”, na última quinta-feira (24). Milton proferiu alguns posicionamentos consonantes com os do presidente Bolsonaro e logo repercutiu na web.

Em sua defesa, ele argumentou: “Naturalmente eu tenho minha liberdade também de opinião e ali eu estava me referindo não propriamente aos adolescentes, mas às crianças. Eu respeito muito as opções como ministro de estado. Como pastor eu tenho minhas próprias convicções, mas, como ministro de estado, eu sou ministro de todos“.


Na ocasião, o ministro da Educação foi categórico. “Acho que o adolescente que muitas vezes opta por andar no caminho do homossexualismo (sic) tem um contexto familiar muito próximo, basta fazer uma pesquisa. São famílias desajustadas, algumas. Falta atenção do pai, falta atenção da mãe”, disse.