Estados Unidos: casal de lésbicas é expulso de igreja por não se “arrepender” de seu relacionamento

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Olivia e Mary Trollinger frequentavam uma igreja no Mississipi, Estados Unidos, usualmente. Entretanto, na última segunda-feira, 12 de agosto, o casal recebeu uma carta de seu pastor determinando que elas parassem de frequentar a congregação.

Barry Baker, o pastor responsável pela paróquia, convocou uma reunião geral para determinar o que seria feito em relação às mulheres, que casaram civilmente em 2018. Segundo ele, os membros votaram “sem objeção” pela expulsão do casal das atividades da igreja.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A carta dizia que a decisão se dava pelo “estilo de vida incompatível com a Bíblia que o casal levava. A expulsão, inclusive, era aprovada pela família de Mary.

Por fim, o pastor afirmou que o casal poderia voltar a frequentar as atividades caso “se arrependesse do relacionamento e restaurasse seu estilo de vida”, isto é, caso se divorciasse e abrisse mão de viver de acordo com sua orientação sexual. Também afirmou que não seria tolerado que elas continuassem “vivendo em pecado”.

No Brasil, o presidente atacou no início do mês as famílias LGBT e afirmou que “ideologia de gênero” é coisa “do capeta”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio