Jogador francês revela homofobia no futebol: “Se você diz que é gay, acabou“

Segundo o atleta, há sempre pelo menos dois jogadores gays por clube

Publicado em 14/01/2022 09:59
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta quinta-feira (13), o jogador francês Patrice Evra, de 40 anos, que atuou nos times do Machester United e West Ham como lateral, falou ao Yahoo sobre o tabu de como é tratada a homossexualidade no meio futebolístico. Segundo o atleta, há sempre pelo menos dois jogadores gays por clube.

Quando eu estava na Inglaterra, eles trouxeram uma pessoa para falar com o time sobre homossexualidade. Alguns dos meus companheiros de time disseram nessa conversa: ‘É contra a minha religião, se tem um homossexual neste vestiário, ele tem que sair’“, contou Evra.

O atleta também falou sobre o medo dos jogadores gays se assumirem para o time. “Deixe todo mundo calar a boca. Imagina? Já joguei com jogadores que eram homossexuais… Um a um, eles se abriram para mim porque têm medo de falar sobre isso em uma outra maneira. Há pelo menos dois jogadores por clube que são gays. Mas no mundo do futebol, se você diz isso, está acabado“, desabafou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

G Store

MOLETOM PRIDE BRASIL

Comprar

SUNGA COLORS

Comprar

CAMISETA PRIDE HEART - LONG

Comprar

BONÉ PRIDE HEART

Comprar

MOCHILA PRIDE BRASIL

Comprar