Especialista afirma que o coronavírus pode causar impotência sexual

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não é novidade que o coronavírus pode deixar algumas sequelas na pessoa que teve a doença e, de acordo com um estudo feito por médicos na Itália e nos Estados Unidos, a saúde sexual de alguns indivíduos pode ser afetada, causando uma disfunção erétil.

De acordo com o urologista Dr. Willy Baccaglini, o vírus não afeta apenas a parte respiratória e, também atinge as funções vasculares. “Para poder relacionar a função erétil com o coronavírus, é necessário entender como ela funciona. A função erétil masculina depende da boa circulação do corpo, ela é um marcador de saúde global masculina”, iniciou ele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O coronavírus ataca de diversas maneiras, principalmente nas funções pulmonares, mas também vasculares. Algumas dessas complicações podem culminar em comprometimento da circulação sanguínea, que pode ocasionar a impotência”, afirma o doutor.

Ainda de acordo com o médico, é necessário uma atenção ainda maior para os casos de impotências sexuais antes da infecção do coronavírus. “Quem já tem uma predisposição a quadros de impotência ou já apresenta uma disfunção leve e contrai a Covid-19, pode acabar tendo um agravamento do quadro, em razão de o vírus atacar as vulnerabilidades”, conta ele.

Por fim, o especialista deixa claro que, a saúde mental do individuo pode ser afetada, já que a parte sexual estará em oscilações constantes. “Se você tem uma doença que te traz sequelas e ataca outros sistemas, ela pode interferir na função erétil de outras maneiras como no desempenho físico e, muitas vezes, na questão emocional. A disfunção erétil psicogênica, por questões psicológicas, é algo muito expressivo”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio