Escolas na Inglaterra devem incluir temas de diversidade na grade escolar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Escolas na Inglaterra, a partir deste mês, devem incluir temas como diversidade, orientação sexual, identidade de gênero e respeito às diferenças em sua grade escolar. O intento é falar sobre sexualidade de uma forma educativa e ampla, visto que muitos abusos sexuais ocorrem porque o menor não conhece o próprio corpo e sequer sabe identificar que foi vítima de uma violação.

“É por isso que tornamos a Educação para Relacionamentos obrigatória em todas as escolas primárias na Inglaterra e Relações e Educação Sexual obrigatória em todas as escolas secundárias, bem como tornamos a Educação para a Saúde obrigatória em todas as escolas financiadas pelo Estado”, diz o documento oficial.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

 “A educação inclusiva LGBT consiste em ensinar que algumas crianças têm duas mães ou dois pais. Aprender sobre diferentes tipos de famílias desde tenra idade ajuda a criar elementos inclusivos ambientes para que todos sintam que pertencem”, disse a organização ativista pró-LGBTQ da Grã-Bretanha, explicitando a importância de trazer à luz desde cedo que existem outras configurações familiares.

Alguns pais se manifestaram contra a decisão e enfatizaram que educação sexual é estimular a sexualidade precoce. No final das contas, ficou sentenciado que os responsáveis terão o direito de retirar os alunos dessas aulas específicas. A nova grade será implementada este mês (setembro).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio