Escócia faz história e inclui pauta LGBTQ+ em currículo escolar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Escócia acaba de se tornar o primeiro país do mundo a incluir a história da comunidade LGBTQ+ em seu currículo escolar. A decisão será colocada em prática a partir de 2021.

Conforme informações da revista Glamour, a ação, que está presente na legislação do país, foi liderada pela organização Time for Inclusive Education (TIE) e está correndo na justiça há dois anos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A nova norma prevê que todas as escolas públicas da Escócia terão que incluir uma visão abrangente da história da população LGBTQ+, incluindo as conquistas e condenando atos de LGBTfobia.

“A Escócia já é considerada um dos países mais progressistas da Europa para a igualdade LGBTQ+. Estou animado com mais esta medida, inédita no mundo, que tomamos neste sentido”, comemorou o secretário de educação do país, John Swinney.

Ativistas apontam que a proposta positiva para escolas escocesas é uma resposta a uma lei aprovada em 1988 pelo parlamento do país, onde proibia “atividades de promoção da homossexualidade”.

Mesmo sendo revogada em 2001, muitas pessoas acreditam que a lei trouxe reflexos “destrutivos”, que ainda atinge a comunidade local nos tempos atuais. “Em uma época de incerteza global, essa decisão manda uma mensagem clara para jovens LGBTQ+: vocês são valorizados aqui na Escócia”, disse Jordan Daly, fundador da TIE.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio