Empresa é condenada a pagar R$ 28 mil após se negar a fazer casamento gay

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma empresa especializada em realizar cerimônias de casamento foi condenada pelo Tribunal de Justiça paulista por ter se negador a realizar um casamento gay. O caso aconteceu em Campinas, São Paulo.

Conforme informações do site Universa, a empresa, que não teve o nome divulgado, terá que indenizar o casal com R$ 28 mil devido a atitude discriminatória. A decisão ainda cabe recurso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda segundo a publicação, a empresa havia se recusado a fazer o casamento homoafetivo com os argumentos de que “iria de encontro aos filosóficos e religiosos do proprietário e de sua família”.

Através de sua decisão, a juíza Thais Migliorança Munhoz apontou o caráter discriminatório da atitude da empresa e, principalmente, os direitos do casal que constam no Código de Defesa do Consumidor.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio