Rússia LGBT (Reprodução)
Rússia LGBT (Reprodução)

Em meio as celebrações do Mês do Orgulho LGBTQ+, a embaixada dos Estados Unidos na Rússia “colocou a cara no sol” ao desafia os dois governos ao hastear uma bandeira LGBT+ em sua fachada.

Através de uma publicação no Instagram, a conta oficial da embaixada publicou uma mensagem onde fala sobre a defesa pelos direitos da comunidade LGBTQ+ e da luta travada pelos seus membros.

“Direitos LGBTQ+ são direitos humanos. Direitos humanos são universais. Todo mundo merece viver livre de ódio, preconceito e perseguição”, dizia a mensagem publicada pela embaixada.


O ator de rebeldia da embaixada se enquadra na lei anti-lgbt da Rússia, que enxerga a atitude como “propaganda gay”. Além disso, o caso também viola as leis do próprio EUA, que neste mês também proibiu que as bandeiras coloridas fossem colocadas em prédios governamentais.

https://www.instagram.com/p/CB2V6MGD8Pq/?utm_source=ig_embed