Em fotos, “Afetividades Ordinárias” humaniza o olhar sobre a vida trans

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por meio de uma exposição artística, a realidade de pessoas trans virá à tona, de forma lúdica e realista. “Afetividades Ordinárias”, exposição de fotos de João Bertholini, com temática LGBTQIA+, abre no próximo dia 20 de janeiro, às 19h, em parceria com a Oficina Cultural Oswald de Andrade.

 “Aqui, o corpo não é objeto, a curiosidade não é premissa, e o registro não é do factual”, garante Bertholini, que tem convicção de que um dos maiores potenciais da fotografia está na subjetividade. “Ela pode ser direta, descritiva e um documento do presente, mas aqui, ela se constrói no campo da possibilidade, do sonho e da humanidade”, diz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O intento é, também, exercitar a empatia e um olhar mais humano para o outro e para si mesmo. O artista vai incentivar os participantes a se fotografarem, a fim de trabalhar o olhar profundo direcionado ao próprio eu.

Serviço:

“Afetividades Ordinárias” – exposição de fotos com temática LGBTQIA+

Artista: João Bertholini.

Curadoria: Neon Cunha.

Programação:

Live de Abertura da Exposição – Oficina Cultural Oswald de Andrade – SP

Dia 20/1 (quarta-feira), às 19h.

Conversa com o artista João Bertholini.

Vídeo da cineasta Day Rodrigues, com conversa entre João Bertholini e Neon Cunha, sobre o papel da fotografia e da arte nos contextos político e social (8 minutos).

Plataforma de exibição e acesso à exposição: Youtube Oficinas Culturais   e http://poiesis.org.br/maiscultura/oficinas_culturais/exposic%cc%a7a%cc%83o-afetividades-ordinarias/

Sem necessidade de inscrição.

Classificação etária: 18 anos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio