Em 2017, Nicette Bruno fez discurso pró-LGBT: “Cada um tem a sua individualidade”; relembre

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nicette Bruno deu uma lição contra a homofobia no Encontro com Fátima Bernardes de 2017. A atriz, reverenciada por seu talento estonteante e energia positiva, destacou que cada um tem sua individualidade.

Na atração, uma mulher foi indagada sobre ter um filho gay e, nesse sentido, repudiou a ideia, enfatizando que isso seria motivo para procurar um especialista. Foi aí que Nicette rebateu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Não aceitaria nunca. Ia sentar e conversar com ela. Procuraria um especialista. Não é o preconceito com outras pessoas. São as minhas filhas”, disse a convidada.

“As pessoas não são iguais. Cada um tem a sua individualidade. Todos têm seu caminho a seguir. É curioso que fica se pensando nessa caso da homossexualidade como se fosse uma coisa estranha, diferente, um defeito. Não é. Meu Deus, é a vida”, falou Nicette.

“Você pode ter 10 filhos. Eles vão ser todos diferentes. Não são eles quem tem que se modificar. Você que tem que se adaptar a cada um deles. Porque isso forma uma família. É um problema de preconceito, sim, e isso vem de muito tempo. Isso é incutido nas pessoas desde muito cedo”, finalizou a atriz.

Em outra ocasião, a artista fez uma surpresa a amiga de longa data, Nathalia Timberg, durante a edição do “Encontro com Fátima Bernardes”, de 2018. A famosa recordou que já interpretou uma travesti, e foi a primeira no teatro, inclusive. Nicette faleceu no último domingo (20) vítima do novo coronavírus.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio