Lea Michelle
Lea Michelle - imagem reprodução (Fulaniversidades)

Parece que um post de Lea Michele em sua conta no Twitter revelou uma outra face da estrela de Glee, série de enorme sucesso entre 2009 e 2015, e que promete um retorno, segundo seu criador Ryan Murphy.

Mesmo apresentando temas de grande diversidade como homofobia, racismo e bullying, o elenco parece não ter estado tão junto durante as gravações da temporada.

Nesta segunda, dia 1, alguns integrantes negros do elenco responderam a um tweet da protagonista, intérprete da personagem Rachel Berry, sobre o movimento “Black Lives Matter” (Vidas Negras Importam, em inglês) e o assassinato brutal de George Floyd pela polícia de Minneapolis.


Em resposta ao seu post, a atriz Samantha Marie Ware, que interpretou Jane Hayward, na 6ª temporada, respondeu a colega a acusando de ter transformado sua experiência na série em “um inferno”.

“Rindo muito! Você se lembra de quando fez do meu primeiro trabalho na TV um inferno? Porque eu nunca vou esquecer. Acho que você disse para todo mundo que, se tivesse a oportunidade, ‘cagaria na minha peruca’, entre outras micro-agressões traumáticas que me fizeram me questionar sobre a carreira em Hollywood”.

Outro integrante do elenco negro, Dabier, que fez uma pequena participação em “Glee”, também revelou atitudes negativas de Lea: “Garota, você não me deixava sentar na mesa com os outros membros do elenco porque ‘eu não pertencia àquele lugar’. F***-se Lea”.

Outros membros negros do elenco corroboraram com as respostas, incluindo Alex Newell, o Wade, de “Glee”, que respondeu com ‘memes’: “Pegue-a, garota!”

Amber Riley, a famosa e grande cantora Mercedes, que frequentemente era apontada como um desafeto de Michele, por apontar os estrelismos da protagonista, reagiu com memes que deixavam muito claro o comportamento de Michelle, confira: