Tanner Reed astro pornô
Tanner Reed astro pornô gay - foto reprodução

O astro pornô gay Tanner Reed protestou contra a plataforma de streaming de conteúdo adulto JustForFans, acusando o proprietário, Dominic Ford, de agressão sexual. No domingo (14 de junho), Reed postou sua versão dos eventos nas redes sociais.

Nos posts, Reed diz que estava falando com Ford antes de um evento na Califórnia em que ele também estava participando. Na época, Reed se encontrava em “uma posição difícil e tinha uma dívida que precisava urgentemente ser paga”.

Ford “gentilmente” ofereceu-se para pagar e então eles se encontraram no evento. Reed admite que “não sentiu a sensação de estar sendo ludibriado, apenas cuidado”.


Três meses depois, eles se encontraram novamente durante um evento do XBIZ, e é dessa vez que Reed alega que Ford o pressionou por sexo. “Ele queria me fo**, e eu disse que não, e ele continuou me pressionando tentando me convencer repetidamente, dizendo que ele não era tão grande, seria apenas a cabeça, apenas por um segundo etc.”, ele escreveu.

Reed continua: “depois de dizer repetidamente que eu não queria fazer anal, ele enfiou a cabeça em mim à força. Nesse ponto, parei de brigar e deixei acontecer”. Mais tarde, naquela noite, Reed alega que, a caminho de casa, enviou uma mensagem para um modelo com o qual estava flertando, sobre o acontecido.

Ford aparentemente causou uma atmosfera tensa no caminho de volta ao hotel (presumivelmente Ford e Reed estavam no mesmo local) e enviou aos dois jovens algumas mensagens “extremamente chateadas”, assustando o modelo devido à sua posição na indústria.

Depois que Ford saiu, Reed alega ter sofrido ataques de ansiedade. Ford, que tem sua própria conta na plataforma do qual é dono, postou uma série de vídeos com modelos mais jovens, embora apenas mais um tenha se apresentado para acusá-lo de abuso mental e pressioná-lo a fazer sexo.

De acordo com o The Sword, Mickey Taylor também abandonou a plataforma alegando que eles não estão levando a sério os relatos de artistas racistas. Taylor, que recentemente foi pego em uma troca acalorada de acusações com a plataforma no Twitter, afirma que a JFF disse ter uma “vingança pessoal” contra o artista.