“É hora dos héteros ficarem mais quietinhos”, dispara Paulo Vilhena

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Integrante no elenco do filme Como Nossos Pais que entrou em cartaz nos cinemas, nesta semana, o ator Paulinho Vilhena surpreendeu ao dar uma declaração em entrevista ao site Purepeople, a favor do feminismo, um dos temas centrais da produção.

“Este movimento começa com os homossexuais, negros e mulheres, de posicionamento. Eles querem igualdade”, afirmou ele que ainda ressaltou que heterossexuais devem permanecer no lugar de escuta ao debater o assunto. “A gente, heterossexual, tem que ouvir isso e entender que esses direitos precisam chegar. Eles querem uma sociedade igualitária”, completou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia Mais:

Festa em SP celebra os 25 anos do álbum Erotica, da Madonna

Após foto na prisão viralizar, detento vira modelo e encanta por sua beleza

Vilhena também disparou. “É hora dos homens héteros ficarem mais quietinhos”, exclamou o famoso que comentou, ainda na reportagem, a polêmica em torno de uma campanha estrelada por ele e Cléo Pires no ano passado em que apareciam amputados, e que foi muito criticada nas redes sociais.

“Nós fizemos essa campanha juntos, para mobilizar o povo brasileiro a prestigiar as Paralimpíadas e para o Estado olhar para realidade dos deficientes e assumi-los como parte integra da sociedade. E aí, vão ficar de mimimi ou chegar junto com nossos super heróis? Somos todos paralímpicos”, amenizou.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio