Drauzio Varella (Reprodução/TVGlobo)
Drauzio Varella (Reprodução/TVGlobo)

O médico Drauzio Varella comentou sobre a repercussão positiva que sua matéria exibida no último domingo pelo Fantástico, sobre presidiárias trans causou nas pessoas.

Através de um vídeo publicado no perfil do Fantástico no Facebook, o médico comentou que ficou um pouco “espantado” com as reações ao seu olhar humanizado pela situação das presidiárias.

“Isso teve uma repercussão, depois, absurda, como se fosse uma coisa inusitada você abraçar outro ser humano como você. Muito estranho isso. Confesso que fiquei até um pouco assustado com a reação tão imediata”, declarou.


Drauzio ainda falou sobre a situação de Suzy de Oliveira, detenta que ganhou destaque após revelar que está há oito anos sem receber visitas. “O que me chamou a atenção foi a solidão que ela vivia lá. Naquele momento os olhos dela mostraram uma tristeza tão funda que me emocionou”, disse.

“Fiquei imaginando: uma pessoa como essa, que deve ter sofrido problemas a vida inteira, bullying, agressões… Ela vai parar na cadeira porque cometeu um crime, evidentemente, mas ficar sete, oito anos sem ter uma pessoa que se lembre de você, que mande uma carta, vá te visitar?”, continuou.

A repercussão da reportagem do Fantástico nos presídios

"Fiquei comovido e espontaneamente dei um abraço". Dr. Drauzio Varella comenta a repercussão da reportagem do #Fantastico sobre a vida das mulheres trans nos presídios do Brasil e o que viveu durante as gravações: https://glo.bo/2PPbRl8

Posted by Fantástico – O Show da Vida on Wednesday, March 4, 2020