Bandeira LGBT+ Foto/Reprodução
Bandeira LGBT+ Foto/Reprodução

O estado do Rio de Janeiro acaba de inaugurar mais dois centros de Cidadania LGBTQ+, e prometem ajudar em diversas modalidades e ocasiões todo o público que se enquadre na sigla. Os lugares foram fixados no bairro de Santa Cruz, localizado na Zona Oeste da capital, a unidade Capital II, e uma outra no município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Segundo o Pheeno, os espaços contam com parcerias entre a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH) e as Prefeituras locais. 

Para a Secretária de Direitos Humanos, Cristiane Lamarão, a ideia é aproximar os centros e focar em todos os seus atendimentos. “Esses espaços são a concretização de uma luta da população LGBT e do esforço do Governo do Estado para aproximar os centros dos usuários que buscam esses atendimentos que são seus direitos”, disse ela.


Já um morador da Zona Oeste do Rio, comentou sobre a importância dos locais inaugurados. “Zona Oeste está sendo vista e reconhecida. Nossa comunidade está sendo abraçada. Nós, militantes da Zona Oeste que sempre lutamos pela causa e vivemos em uma região de difícil aceitação às nossas escolhas de vida, conseguimos hoje ter um espaço de referência para sermos ouvidos e acolhidos. É um momento histórico para a nossa região”, concluiu.