Casamento LGBT coletivo
Casamento LGBT coletivo (Foto: Vivian Reis/G1)

A Prefeitura de São Paulo, através da Coordenação de Políticas para LGBT, realizou no último domingo (26) no Club Halms, localizado na avenida Paulista, um casamento coletivo entre 39 casais homossexuais.

A cerimônia foi a primeira organizada pela administração municipal, que não teve custos, e contemplou os casais homoafetivos a oficializarem a união civil que dá o direito à herança, pensão alimentícia e direito a ter plano de saúde, além da mudança nos documentos, a possibilidade de adicionar o sobrenome e poder adotar crianças.

Leia Mais:


Barbie posta imagem em apoio a casamento homoafetivo em rede social

Escola australiana demite professor após alunos descobrirem que ele é gay

A promotora Eloísa Arruda, secretária dos Direitos Humanos da Prefeitura e Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), disponibilizou uma equipe de advogados para orientar os casais interessados em se casar e intermediou a isenção da taxa junto aos cartórios (cerca de R$ 500 cada união).