Dia do Jornalista: Conheça alguns profissionais que representam a comunidade LGBT+

Conheça alguns jornalistas da televisão brasileira que representam a comunidade LGBT+

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta quarta-feira, dia 7 de abril é comemorado no Brasil, o Dia do Jornalista. A data homenageia o trabalho incansável dos profissionais de comunicação, da mídia, que luta em busca da apuração de fatos verídicos, para levar notícias e informações para a população.

Como forma de homenagem, decidimos listar alguns desses profissionais que fazem parte de uma mudança. Que além de serem jornalistas e brilharem como profissionais, ainda representam a inclusão e a representação da comunidade LGBT+. Conheça alguns desses profissionais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fernanda Gentil

Fernanda Gentil (Foto: Reprodução/Instagram)

A jornalista Fernanda Gentil, de 34  anos, atua como repórter e apresentadora da Rede Globo. Ela assumiu a bissexualidade e o namoro com a também jornalista Priscila Montandon e foi parar entre os assuntos mais comentados no Twitter na época.

A apresentadora foi casada com Matheus Braga entre 2013 e 2016. Com ele, teve o filho Gabriel. Fernanda Gentil e Priscila, estão casadas desde 2018, em uma cerimônia surpresa. Nas redes sociais, a repórter é discreta quando o assunto é vida pessoal. Mas, sempre que pode, compartilha fotos e momentos ao lado da amada.

Edivaldo Dondossola

Repórter da Globo, Edivaldo Dondossola se casa

O repórter da Globo, Edivaldo Dondossola, celebrou o seu casamento com o namorado, Pedro Dias, no dia 2 de março de 2021. A oficialização da relação foi motivo de celebração, também, por parte de seus colegas de trabalho. Flávio Fachel e Silvana Ramiro, apresentadores do jornal “Bom Dia Rio”, deram suas felicitações.

Na ocasião, ele escreveu: “Estar com você sempre foi uma grande aventura: intensa, alegre, contagiante… apaixonante. Desde aquele primeiro dia, nunca mais nos separamos. Agora, cá estamos: num cartório que fica a poucos metros daquela praça onde tudo começou. Pra eternizar esse dia que vai ser nosso pra sempre. Te amo!”.

Raquel Honorato

Raquel Honorato (Foto: Reprodução)

A jornalista Raquel Honorato, também é uma profissional que representa a comunidade LGBT+. Aos 33 anos, a repórter da TV Globo falou sobre a necessidade de se expressar como mulher lésbica. Em um bate-papo com o Universa, ela disse: “Eu tinha que fazer mais do que falar pela igualdade, eu precisava realmente me posicionar. Perdi seguidores, mas vários outros chegaram”.

Ela também revelou ter recebido diversas mensagens desnecessárias após revelar ser homossexual. “Caraca! Eu recebi tantas críticas, muitas mensagens horrorosas, homofóbicas mesmo, muito preconceito, inclusive inbox. Comentários machistas, como ‘que desperdício’, e muitas críticas religiosas. Naquele momento, eu entendi que não dava para ficar neutro em situações de injustiça”, disse ela.

Franklin David

Franklin David (Foto: Reprodução/Instagram)

Outro nome que também representa a comunidade LGBT na profissão, é Franklin David, que ficou conhecido por ser o apresentador da RedeTV!. Ele também apresenta o programa Tricotando e atualmente apresenta o programa de viagens no canal Travel Box Brazil. Aos 34 anos, ele já foi apontado em um envolvimento com o ex-RBD Christian Chávez. Segundo o portal O Canal, em 2012, quando Franklin já era um dos repórteres do TV Fama, ele passou uma noite como astro, um dos vocalistas da extinta banda mexicana.

Marcelo Cosme

Repórter da Globo, Marcelo Cosme (Foto: Reprodução/TV Globo)

Marcelo Cosme, que já é um nome popular no jornalismo brasileiro e apresenta as notícias do “Em Pauta”, da GloboNews, decidiu expor um registro com o namorado nas redes sociais. Discreto quando se trata de vida pessoal, ele respondeu perguntas e respostas do Instagram, e ao ser questionado se estava namorando, ele publicou uma foto ao lado do parceiro e respondeu que sim, com um emoji rodeado de corações.

O namorado se trata do cardiologista Frankel Brandão, de Belo Horizonte (MG). No Instagram do profissional, que é especialista em Nutrologia e Medicina do Esporte, Cosme costuma deixar mensagens românticas.

Pedro Figueiredo

Pedro Figueiredo (Foto: Reprodução)

Outro profissional do jornalismo que é bastante conhecido pela ótimo trabalho e dedicação, é o jornalista Pedro Figueiredo, que é abertamente homossexual. Ele é repórter da TV Globo e casado com Erick Rianelli, também jornalista da emissora.

No ano passado, ele celebrou dois anos de casados. “#tbt de exatamente dois anos atrás no dia em que trocamos alianças e botamos no papel todo nosso amor. Uma aglomeraçãozinha das boas num cartório apertado ao lado de quem a gente mais ama. Ao Erick Rianelli todo meu amor“, disse ele em sua rede social.

Ele também comemorou que suas matérias foram indicadas ao Emmy Internacional de Jornalismo de 2020. As pautas fora sobre os funcionários da Assembléia Legislativa e outra sobre uma batalha contra o estado Islâmico da Síria.

Fábio Ramalho

Apresentador da Record, Fábio Ramalho e o namorado (Reprodução)

O apresentador da Record, Fábio Ramalho também é mais um profissional que representa a comunidade LGBT+ no meio do jornalismo brasileiro. Em suas redes sociais, ele assumiu a sua orientação sexual e ainda aproveitou o ensejo para explicitar uma foto com o namorado, João Paulo dos Santos, que tem 19 anos. No Instagram, os dois já aparecem em momentos juntos.

Na ocasião, ele escreveu: “Por um mundo mais feliz, onde as pessoas possam ser o que elas quiserem, com quem elas quiserem e como quiserem”, escreveu o jornalista, que também exibiu as hashtags “não à homofobia”, “liberdade” e “gay”. 

Lisa Gomes 

Lisa Gomes (Reprodução/Instagram)

Lisa Gomes é uma repórter do TV Fama da Rede TV!, que com esforço, dedicação e muito talento, conquistou um espaço na televisão brasileira. Durante uma live para Murilo Cunha, Lisa explicou como conquistou um espaço na TV como repórter de celebridades. Antes de ser repórter da Rede TV!, Gomes foi assessora de imprensa do pai do cantor Michael Jackson, Joe Jackson (1928-2018), quando ele veio celebrar seu aniversário no Brasil em 2015.

Anderson Cooper

Anderson Cooper Créditos: Reprodução

Aos 53 anos, Anderson Cooper é um dos jornalistas gays mais famosos do mundo. Ele é o principal âncora do programa Anderson Cooper 360°, da CNN e também correspondente para o programa 60 Minutes, da CBS. Para incentivar ainda mais a representatividade, o jornalista norte-americano mandou seu recado durante um programa ao vivo. Ele disse: “Eu acho que aceitei muito bem. E não apenas aceitei de boa, mas inclusive abracei o fato de que fui um jovem gay recém-saído da universidade nos anos 1980 que me adorava como era”.

Eu sempre adorei viajar e sempre quis ter uma família, então não ter a possibilidade de realizar esses sonhos era algo que não estava na minha visão de futuro naqueles tempos”, contou.

“Mas, ao mesmo tempo, decidi que não deveria ficar só querendo as coisas e fui atrás de tudo que desejava. E por isso ser gay fez de mim uma pessoa melhor, e até mesmo um repórter melhor”, completou o apresentador.

Matheus Ribeiro

Matheus Ribeiro Rede Record TV (Foto: divulgação)

O jornalista Matheus Ribeiro, assumidamente gay, já fez um desabafo ao vivo ao repudiar a chamada terapia de conversão, popularizada como ‘cura gay’. “Desde 1990, a Organização Mundial de Saúde deixou de considerar a o amor entre duas pessoas do mesmo sexo como uma doença”, pontuou o jornalista. “Trinta anos se passaram e, acreditem, elas até se casam”, disse ele, no jornal local da emissora em Brasília.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio