Demi Lovato faz desabafo sobre antigos trabalhos: “Já lançava meus álbuns cansada deles”

Cantora americana afirmou que se sente realizada com o novo disco, ao contrário de outros projetos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Demi Lovato, que recentemente se assumiu como pansexual, fez uma revelação sobre seus antigos álbuns após o lançamento de seu novo disco “Dancing With The Devil: The Art of Starting Over”. Em entrevista ao Hits Radio, do Reino Unido, a parceira de Ariana Grande contou que sente que o novo trabalho é completamente diferente do que vinha lançado anos atrás.

“Já lançava meus álbuns cansada deles. Mesmo se tivesse apenas um álbum com 12 músicas, eu ouviria essas 12 músicas de novo e de novo por um ano ou um ano e meio, enquanto fazia o álbum, para que pudesse mergulhar completamente nos sons. Esse é o primeiro álbum que não estou cansada dele na hora de lançá-lo. Para mim, os números não importam muito. É um trabalho muito bom e estou orgulhosa disso. A razão pela qual fiz este álbum são as mensagens que transmito”, afirmou a estrela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Demi ainda revela que o novo trabalho traz músicas que direcionam o público para fases de sua vida, como a overdose retratada em ‘California Sober’ ou sobre a sua sexualidade em ‘The Kind Of Lover I Am’. “Posso direcionar as pessoas músicas específicas do meu álbum, se estiverem curiosas sobre diferentes aspectos da minha vida. Eu realmente nunca fui capaz de fazer isso com música antes. Estou feliz, aliviada e animada”, contou a ex-estrela da Disney.

Vale lembrar, que de acordo com a imprensa americana, Demi Lovato estaria vivendo um romance secreto com Noah Cyrus, irmã mais nova de Miley Cyrus, que também participa de seu novo disco na canção ‘Easy’, uma das mais aclamadas do projeto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio