Carlinhos Maia (Reprodução)
Carlinhos Maia (Reprodução)

As recentes medidas para conter a propagação do COVID-19, que incluem o isolamento social e trabalho home office, tem alavancado a procura por cursos à distância, com ênfase naqueles que oferecem certificação.

Além da facilidade de adequação de horários pelos alunos, esta modalidade educacional possibilita a continuidade das atividades mesmo diante das restrições impostas em virtude da pandemia.

Nos últimos dias, por exemplo, foi verificado um aumento de inscrições, acima do previsto, no curso Carlinhos Maia – “Marketing de Influência”, direcionado para aspirantes à influencers, empresários e profissionais da área de mídias.


“Principalmente nessa semana, na qual aumentaram as restrições de mobilidade e contato social, percebemos um aumento significativo nas inscrições do curso que, em muitos casos, foram incentivadas pela possibilidade de aproveitar o período para alcançar objetivos postergados e agregar valor ao curriculum profissional”, analisa Duarte Neto, um dos idealizadores do Curso Carlinhos Maia.

Vale destacar que diversos estados brasileiros já cancelaram aulas presenciais mediante as orientações do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde, na tentativa de diminuir o contágio.

Até o início desta semana o Brasil já havia confirmado mais de 5.700 casos e 201 mortes por conta do coronavírus. O número de pessoas infectadas cresceu, em apenas um dia, em um número de 1.138.