Netflix não irá remover especial acusado de transfobia de Dave Chappelle

A plataforma de streaming defendeu a 'liberdade artística' do humorista sobre as piadas

Publicado em 11/10/2021 21:40
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta segunda-feira (11), a gigante do streaming, Netflix, decidiu se posicionar sobre o polêmico especial de Dave Chappelle acusado de transfobia. De acordo com a Variety, o co-CEO da Netflix, Ted Sarandos, reconheceu a polêmica que se originou com o especial ‘The Closer’, mas defendeu a “liberdade artística” do humorista.

“Algum talento pode se juntar a terceiros para nos pedir para remover o show nos próximos dias, o que não vamos fazer”, escreveu Sarandos. “Chapelle é um dos comediantes de stand-up mais populares da atualidade e temos um contrato de longa data com ele. Seu último Sticks & Stones especial, também polêmico, é nosso especial stand-up mais assistido, mais grudento e mais premiado até hoje. Assim como acontece com nossos outros talentos, trabalhamos muito para apoiar sua liberdade criativa”, falou o responsável pela Netflix.

“Não permitimos títulos no Netflix que tenham como objetivo incitar o ódio ou a violência e não acreditamos que The Closer ultrapasse essa linha”, explicou ainda Ted Sarandos.

No especial, Chappelle causou polêmica ao afirmar que “o gênero é um fato”, decidido no momento em que a criança nasce. Em outro momento, o humorista afirma que os órgãos genitais de mulheres trans “Não são o que deveriam ser”, e sai em defesa da autora J.K Rowlling da saga ‘Harry Potter’, conhecida por ser transfóbica e feminista radical. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

G Store

MOLETOM PRIDE BRASIL

Comprar

SUNGA COLORS

Comprar

CAMISETA PRIDE HEART - LONG

Comprar

BONÉ PRIDE HEART

Comprar

MOCHILA PRIDE BRASIL

Comprar