A cantora Kissa agita os foliões do bloquinho (Foto: Renan Facciolo)

O bloco é conhecido como o festival da diversidade e arrastou uma
multidão no bairro da Luz

A cantora Kissa agita os foliões do bloquinho (Foto: Renan Facciolo)

Em seu quarto ano, o Love Fest parou a Avenida Tiradentes. Comandado pelo trio musical ‘As Bahias e a Cozinha Mineira’ e a convidada Kissa, o bloco já tradicional no carnaval de São Paulo trouxe mais uma vez o discurso contra a intolerância, o preconceito e assédio, além de apoio ao movimento LGBT.

A atração foi seguida do Bloco das Gloriosas, da cantora e drag queen Gloria Groove, que passou pela mesma via e caracterizou a terça de carnaval na região como uma Parada LGBT fora de época.


Kissa e Assucena soltaram a voz e animaram os foliões
 (Foto: Renan Facciolo)

Participando pelo primeiro ano do bloco como cantora convidada, Kissa agradeceu pela oportunidade de fazer parte de uma atração que vai muito além do carnaval.

“Eu fiquei muito feliz e honrada pelo convite, afinal de contas eu admiro muito o trabalho e a história da banda. Conheço um pouco da trajetória da Raquel e me identifico demais! Mulher trans, guerreira, sonhadora, persistente, e que nunca desistiu! Eu sou a favor das minorias, eu luto por mim e pelas causas de pessoas como elas (Raquel e Assucena)”.

A cantora ainda ressaltou que o carnaval é um momento de união de todos e a luta pelos direitos iguais.

“E vai muito além, pude ver de cima o amor no ar! Negros, brancos, pardos, crianças, famílias, gays, lésbicas etc. Estilos, idades, cores e amores para todos os gostos. E essa união de gêneros, classes e sabores deixaram o nosso carnaval muito mais especial! Me preencheu demais saber que pude e posso contribuir por um mundo mais igualitário, e constatar que muito da graça da vida está em crescer com as diferenças.  O nosso bloco deixou uma marquinha de paz e amor no mundo! Estamos felizes por isso!”.