feminsita
Feminista (Foto: divulgação)

O intento da exposição é difundir a temática feminista através de exibição de audiovisuais. A atração contará também com colóquios sobre  o feminismo dentro do Estado. Como o Estado democrático lida com  questões pertencentes ao ideário feminista. A entrada é franca.

O evento é realizado em parceria com entidades representativas relacionadas à luta feminista no Rio Grande do Sul. A exposição contará com materiais gráficos e documentos históricos acerca da luta feminista. Terá também  trabalhos de artistas plásticas como Zorávia Bettiol e Priscila Fróes.

Saiba mais: Brasil cai 13 posições no ranking de países seguros para LGBTs


14/03, às 19:00h – As conquistas, os direitos e as leis (políticas públicas avanços e limites), com participação da ONG Themis, Coletivo Feminino Plural, ACMUN (Associação Cultural das Mulheres Negras), Sandra Maciel (ONG Maria Mulher), Nadine Anflor (delegada, chefe de polícia), Ana Naiara Malavolta Saupe (Marcha Mundial das Mulheres), Carol Bastos (Liga Brasileira de Lésbicas).

21/03, às 19:00h – Feminismos Contemporâneos (As novas gerações), com Priscila Voight (Ocupação Mirabal), Blogueiras Negras, Coletivo Atinúké, Priscila Fróes (TransENEM, artista plástica) e Monique Prada (ativista e escritora). O evento segue até o dia 24 de março, no primeiro andar da instituição: O memorial do Rio Grande do Sul.