Contrariando Britney Spears, pai da cantora mantém tutela da filha até 2021

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta sexta-feira (21), a Billboard americana revelou detalhes sobre o pedido de Britney Spears referente a sua conservadoria. A Justiça decidiu que a tutela da cantora deve ficar com seu pai, Jamie Spiers, até 1º de fevereiro de 2021.

A audiência virtual contou com a presença do advogado da cantora, Samuel Ingham, seu pai, James Spears, Lynn Spears e seus respectivos advogados. Jodi Montgomery, que atualmente cuida da tutela da cantora também participou da audiência.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A audiência ocorreu logo após Britney Spears solicitar que não queria que seu pai fosse mais seu tutor. Em sua moção ao tribunal, a cantora alegou que suas vontades e desejos mudaram desde que a tutela foi colocada sobre ela em 2008. No documento, a cantora também deixa claro que prefere continuar sob os cuidados de sua tutora atual, Jodi Montgomery.

Em recente entrevista ao New York Post, Jamie Spears, pai da cantora, chamou de piada o movimento #FreeBritney: “Essas teorias conspiratórias não sabem de nada. O mundo não tem a menor pista. A justiça da Califórnia é quem vai decidir o que é melhor para a minha filha. O assunto não diz respeito a mais ninguém”, declarou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio