Empresa demite funcionário após saber que é um homem trans

Eduardo partilhou o acontecido em suas redes

Publicado em 14/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Eduardo Príncipe Rocha, homem trans, estava esperançoso para começar no novo emprego, mas foi dispensado neste domingo (11) antes mesmo de iniciar as suas atividades. Segundo o contratante, a cota para “pessoas diferentes” já tinha sido preenchida.

Vamos dar uma última forma nas conversas que tivemos. De minha parte, não segui o roteiro correto das entrevistas e não o identifiquei na primeira hora. 99% do meu quadro é composto por mulheres. Meu objetivo com essa vaga é contratar um monitor, consequentemente do sexo masculino. Minha cota de pessoas diferentes já está atendida e completa com o que demonstro não ter preconceito”, afirma.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Somente vim saber de sua condição muito depois. Nada contra. Mas a vaga é para o sexo masculino. Agradeço sua atenção”, finaliza o empregador, que destaca que a vaga é destinada para o sexo masculino.

Eduardo partilhou o acontecido em suas redes e recebeu o apoio de internautas. “Nunca saberão o que é trabalhar com o excelente profissional que você é, parceiro. Este “empresário” já está perdendo e vai perder muito mais. Deus te abençoe garoto. Voa alto, escreveu um.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

G Store

MOLETOM PRIDE BRASIL

Comprar

CADARÇOS PRIDE

Comprar

PRIDE UNDERWEAR - COLORS

Comprar

MACACÃO PRIDE SUMMER FLAMINGO

Comprar

SHORT PRIDE

Comprar