Lésbicas
Lésbicas (Foto: reprodução)

O Clube Lesbos, coletivo literário presente em nove cidades do país, lançou nessa segunda-feira (03/08) uma agenda com os eventos online que acontecerão ao longo de agosto: Mês da Visibilidade Lésbica. A agenda será atualizada diariamente com eventos e ações que tenham foco em apresentar e discutir questões do movimento lésbico. Para conferir a agenda, basta acessar o link: http://clubelesbos.com.br/visibilidade-lesbica

O mês de agosto ficou conhecido como Mês da Visibilidade Lésbica devido a dois marcos para esse movimento de mulheres. Em 19 de agosto de 1983 aconteceu o Levante ao Ferro’s Bar, episódio conhecido como Stonewall Brasileiro, onde militantes do GALF (Grupo Ação Lésbica Feminista) organizaram um protesto após serem expulsas do bar. Já em 29 de agosto de 1996 ocorreu o 1º SENALE (Seminário Nacional de Lésbicas), que já conta com oito edições e hoje é o maior evento deliberativo de lésbicas e bissexuais do Brasil.

Pandemia

Devido ao atual cenário de pandemia, todos os eventos acontecerão de forma online. Isso possibilita a participação em eventos promovidos por coletivos de diferentes estados do Brasil. É o caso da UPV LGBT Santa Inês, do Maranhão, que promoverá 1º Seminário sobre Visibilidade Lésbica do Vale do Pindaré, de 11/08 a 15/08, que será aberto a participantes de todo o país.


As lives também se tornaram frequentes. Dentro dos eventos presentes na agenda, podemos encontrar lives com personalidades como Ana Angélica (colunista da Universia), MC Dall Farra (rapper e protagonista do curta “MC Jess”) e Alaine Santana (criadora do portal Lésbica, Negra e Caminhão).

Alguns eventos também precisaram se reinventar no novo formato online. O Clube Lesbos, em parceria com a Velcrochoque, vai realizar uma feira de arte virtual para ajudar artistas lésbicas que tiveram seu rendimento afetado pela pandemia. O coletivo também adaptou suas rodas de conversa para o mundo virtual, promovendo no dia 22/08 um debate sobre o livro Em nossa cidade amarelinha era sapata, de Marina Monteiro (editora Patuá).

Todos os eventos podem ser acessados na agenda pelo link: http://clubelesbos.com.br/visibilidade-lesbica