Acolhe+
Acolhe+ - Foto: Revista CULT/Divulgação

Nesta quarta-feira (22) a Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual (CEDS Rio) em conjunto com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos( SMASDH) inaugurou no Centro Provisório de atendimento(CPA IV), localizado na Lapa.

E, para deixar este acontecimento ainda mais emblemático, a homenageada será a professora Laura de Vison, que deu nome ao local. Laura chegou a ser presa na década de 70 em decorrência de sua orientação e identidade de gênero.

É uma iniciativa louvável que reafirma a qualidade do serviço público quando existem pessoas engajadas em usar os instrumentos disponibilizadas pelo Estado como meio transformador. Como professor, reafirmo que não existe transformação social sem passar pela educação, que abre horizontes para inúmeras oportunidades e promove cidadania”– afirma o Coordenador Especial da Diversidade Sexual, Nélio Georgini.


 “A inclusão do público LGBTQI+ não passa apenas pelo acolhimento que temos dado no CPA IV. É importante prover esta parcela da população de alimento para o intelecto, abrir as portas para o conhecimento e dotá-los de capacidade para entender o mundo que os cerca por outras lentes. E a literatura pode cumprir perfeitamente este papel. Ter uma biblioteca aqui neste hotel é fundamental para cumprir a nossa meta básica que é a reinserção deste público na sociedade“, diz Tia Ju, secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, conforme pontuou o Sopa Cultural.