Emily Amorim e Gabriele Moreira
Emily Amorim e Gabriele Moreira (Foto: Reprodução)

 Emily Amorim e Gabriele Moreira vivenciaram um episódio revoltante de homofobia no último sábado (19), no estado do Espírito Santo. Na ocasião, após se abraçarem um criminoso partiu para a agressividade.

Estávamos sentadas, conversando com mais duas amigas nossas. Depois, chegou uma família e sentou de frente pra gente. Enquanto estávamos sentadas, percebemos que um integrante da família estava olhando demais para gente. Nos abraçamos para tirar uma foto. Eu senti um impacto nas costas“, disse ela, de acordo com o Pheeno.

 “A Gabriele caiu, eu fui tentar segurar ela, machuquei minha unha. Ficamos sem entender, perguntamos o que estava acontecendo. Ele começou a gritar que tinha que respeitar o filho, respeitar a família dele. Ele me empurrou com a mão na minha cara, para trás“, comentou Emily.


Por fim, ela ainda afirmou que o agressor é conhecido pela sua agressividade. “Eu conheço ele da cidade, é conhecido como conservador. Acredito que ele tenha se sentido ofendido, por qual motivo não sei, e se sentiu no direito de agredir a gente“, finalizou ela.