Cartunista trans Laerte Coutinho agradece apoio dos fãs após alta hospitalar: “A Covid-19 é perigosa”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última quarta-feira (3), a cartunista trans Laerte Coutinho, de 69 anos, usou as redes sociais para agradecer o apoio do público durante a sua internação após contrair a COVID-19.

O impulso é dizer ‘sarei’, ‘escapei’, mas a 1ª pessoa não dá conta. Contei com gente querida e apoio firme desde o começo – sem isso não estaria de volta aqui. Gente que batalhou por um sistema de saúde eficiente, gente que povoa e dá movimento a esse sistema, gente que lembrou de mim, se preocupou, rezou, fez desenhos, emanou vibrações e comemorou as melhoras”, declarou a cartunista, deixando seu texto acompanhado de uma de suas charges.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A famosa ainda alertou sobre o perigo de contrair o coronavírus e suas consequências. “Fico muito, muito grata e comprometida com essa força toda. A doença é difícil e perigosa, estamos ainda no meio da luta. Essa solidariedade e cuidado é nossa principal forma de vencer“, completou ela.

No dia 22 de janeiro, Coutinho havia informado que contraiu a doença, e tentou tranquilizar seus fãs com uma mensagem amenizadora. “Gentes queridas – peguei covid. Tou sob bons cuidados e a evolução está satisfatória. Fico grata pelas emanações e preocupações! Vocês, máscaras, mãos lavadas e o possível de isolamento …”, falou na ocasião.

Laerte é uma das artistas do segmento mais renomadas da cultura brasileira e do movimento LGBTQIA+. No currículo de seus trabalhos com quadrinhos, se destacam as obras “Piratas do Tietê” e “Overman”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio