Carlinhos Maia explica polêmica: “A guerra não é comigo”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carlinhos Maia usou a rede social neste sábado (27/04/2019) para explicar as declarações que deu ao TV Fama sobre casamento gay. Na ocasião, ele enfatizou que a cerimônia será “a união de dois caras, não um casamento gay”.

“Não é religioso, é união. Não é casamento gay, é a união de Carlinhos e Lucas”, expressou. Carlinhos também adiantou detalhes da cerimônia, que será realizada no Estado de Alagoas. “Nosso casamento, quando foi anunciado, ia ser uma cerimônia pequena, mas foram mais de 387 empresas do Brasil inteiro que se disponibilizaram a fazer o casamento e disseram assim: ‘Nós não queremos nem que você divulgue, só pra gente estar lá’” . Esta foi a declaração proferida por Carlinhos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Contudo, ele escreveu um “texto” no twitter mitigando o motivo da declaração controversa citada anteriormente. “Quando eu digo que é união de Carlinhos e Lucas, significa que estamos querendo apenas ser chamado pelos nomes”.

“A guerra de vocês não é comigo”. “Estou apenas buscando igualdade. Se vocês querem rótulos, problema de cada um, eu quero ser chamado pelo meu nome”, falou.

“E aos que dizem que tenho preconceito com gay (risos). Eu vou casar com outro homem. Ache ruim quem quiser, mas no convite está escrito: ‘Carlinhos e Lucas convidam’. Não: ‘Gay Lucas e gay Carlinhos convidam!’. Viva o amor!”, findou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio