Bruna Pazinato diz que não omitiu sexualidade na Record

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Bruna Pazinato, conhecida por participar de peças musicais como “Chacrinha” “Os Dez Mandamentos”, além de trabalhar na novela bíblica, “O Rico e o Lázaro”, da Record TV, por meio de um bate-papo com a Universa, falou sobre sua sexualidade e destacou que não omitiu sua orientação sexual dentro da emissora.

“Eu sei que sou lésbica há 13 anos, meus pais sabem desde então. Eu não saí do armário porque nunca estive lá, para a família, os amigos, o trabalho”, disse ela, que perdeu seguidores após o tema vir à tona.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Eu sempre tive muito medo de falar [para o público]. Há uma lenda em torno de como a Record reagiria, e eu tinha muito receio de ficar taxada. Então, há três anos eu trabalho na emissora e há três anos eu venho pensando se eu falo ou não, sempre tomando muito cuidado com o que eu posto”, lembra. “Mas agora fiquei em quarentena imersa em mim mesma, imersa nas minhas questões, senti no coração que tava na hora de abrir sobre isso, que era a única coisa que me prendia”, continuou.

Eles [a diretoria da Record] sabiam e para eles era muito valioso o fato de não expor minha sexualidade, mas nunca houve uma conversa do tipo ‘Você não pode ser assim assado por conta da sua sexualidade’. Eu fui protagonista e nunca me falaram nada. Por outro lado, deixei de ser mais firme nos meus posicionamentos, barrava a maioria das coisas que tivessem ligação com o meu pessoal, com quem eu era com a minha namorada, com meus amigos mais íntimos. Sempre prezei em nunca mentir sobre a minha sexualidade. Eu nunca falei sobre ela, mas não queria carregar uma mentira”, disse.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio