Brasil vence novas provas e já conquista 16 medalhas e Gay Games

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Brasil teve o seu melhor desempenho até agora no Gay Games 2018 em um único dia. Nesta quinta-feira (09), a Delegação Espírito Brasil conquistou seis novas medalhas que levaram o time para um placar de 16 vitórias, desde o início do evento esportivo, no último sábado (03).

Somente o atleta Jerry da Costa subiu três vezes no pódio. Com duas pratas no Lançamento de Dardo e no Salto com Vara, e um bronze no Arremesso de Peso, que se uniu as outras duas pratas que recebeu no 110m com barreiras e Decatlhon.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Responsável pelo primeiro ouro brasileiro nesta edição, Ana Animal ficou em primeiro lugar mais uma vez na corrida de 10km na categoria (50-55 anos) e também foi a primeira colocada geral entre as mulheres de todas as idades na mesma modalidade.

Mesmo após sofrer uma lesão no tornozelo, Flàvio Lemes – que havia conquistado a primeira medalha brasileira em Paris na Esgrima -, participou da prova de 4x100m misto que competiu com outros atletas norte-americanos e ganhou a prata.

LEIA MAIS:

Praia Grande recebe 1ª Parada Gay em setembro

Riachuelo lança campanha com pais gays

Para fechar o dia, Mariana Valencio, que já havia conquistado nos 50m de costa, voltou a ganhar na natação. Desta vez ficou com a medalha de ouro na prova dos 110m livres.

O Brasil pelo menos conquistará mais duas medalhas com a disputa final do time de vôlei Voleiboyz que joga nesta sexta-feira (10), a final contra o Ms Peackoks, da Austrália, e o time de futebol Beescats que briga pelo ouro no sábado contra o time francês Sul au Cul.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio