Jair Bolsonaro - Foto: reprodução
Jair Bolsonaro (Foto: reprodução)

Na última quinta-feira (30), durante suas tradicionais lives, o presidente Jair Bolsonaro continuou causando polêmica com seus brincadeiras LGBTfóbicas, afirmando que gostaria de um “Capitão Gay” em seu governo.

Bolsonaro começou a live, rebatendo as críticas de que seu governo, possui muitos militares em cargos importantes, e em tom irônico, disparou “Acha que deveria ter mais capitães no governo?”, quando um assessor que participava da live, respondeu: “é melhor que almirantes”.

“Melhor que almirantes, tem certeza?”, perguntou Bolsonaro. Outro político rebate seu questionamento: “O senhor não vê general gancho, nem general caverna”. Essa foi a deixa para que o presidente soltasse sua ironia: “É tudo capitão. Tem até capitão gay porra”.


Bolsonaro segue na live afirmando que gostaria de um Capitão Gay em seu governo, como o personagem de Jô Soares no programa Viva o Gordo, exibido na década de 80.