Biden autoriza uso de bandeiras LGBTs em órgãos de seu governo: “Precisamos proteger estas pessoas”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta semana, o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, mostrou uma grande diferença de seu antecessor, Donald Trump, sobre o tratamento com a comunidade LGBTQIA+.

Biden autorizou o uso de bandeiras LGBTs em escritórios oficiais do governo e em toda diplomacia norte-americana pelo mundo, atitude que era vetada pelo governo Trump. “A violência contra a população LGBT aumenta no mundo. Os EUA precisam assumir seu papel de proteger essas pessoas”, disse Joe Biden diante do Senado dos EUA.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ato é visto como um grande passo por mais igualdade e justiça para a comunidade LGBTQIA+, que foi menosprezada no governo do mandatário anterior. Biden é assumidamente um defensor das minorias e afirma que o país precisa unir todo o seu povo.

Vale ressaltar que outro ato importante no início do governo Biden, foi a nomeação de Rachel Levine, como a primeira autoridade transexual reconhecida pelo Senado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio