A autora J.K Rowling autora da saga Harry Potter irá doar um livro dela autografado para ajudar campanha de combate ao HIV
A autora J.K Rowling autora da saga Harry (Foto: Divulgação)

JK Rowling, autora da saga Harry Potter, pediu desculpas publicamente após ser alvo de um novo escândalo de transfobia nas redes sociais, onde publicou uma mensagem polêmica.

O caso se iniciou após Rowling compartilhar um desenho infantil, que se referia a seu novo livro para crianças, The Ickabog. Nos últimos dias ela pediu para os seguidores crianças enviarem desenhos dos personagens, que ela iria posta-los.

Ao compartilhar o desenho, a escritora acabou se atrapalhando e colando a uma mensagem que originalmente pertencia a um site de conteúdo anti-transgênero, que faz referência a violência contra uma mulher trans.


“Eu amo esse Icakbog verdadeiramente fabuloso, com orelhas de morcego, olhos incompatíveis e dentes terríveis manchados de sangue!”, iniciou Jk, logo em seguida continuou: “no tribunal, Wolf afirmou que o post no Facebook em que ele disse que queria ‘fo*** algumas TERFs’ era apenas ‘bravata’. #TheIckabog”.

Após a repercussão, JK apagou a publicação e pediu perdão aos admiradores: desculpe a frase aleatória e totalmente desconectada que apareceu por aqui. Eu apenas colei acidentalmente parte de uma mensagem não muito idiota que acabei de receber”.

Esta não é primeira vez que JK se envolve em uma polêmica com a comunidade trans. No final do ano passado a escritora chamou atenção dos fãs após defender a demissão de uma mulher por transfobia.