Atriz que interpretou Matilda quer ver mais bissexuais chatos na TV e no cinema

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Recentemente a atriz norte-americana Mara Wilson, dos filmes “Matilda” e “Uma Babá Quase Perfeita”, postou uma mensagem em seu Twitter revelando que era bissexual. Como era de se esperar a revelação da artista foi compartilhada por diversos sites e por muitos usuários de redes sociais mesmo que nos últimos anos, saídas do armário e declarações deste tipo tenham se tornado frequentes entre coadjuvantes e estrelas da indústria do entretenimento.

O que poderia ser considerado inusitado mesmo acabou sendo uma declaração que a atriz fez nesta semana em um podcast afirmando que ela gostaria de ver mais bissexuais monótonos na televisão e no cinema. Na publicação em áudio, Wilson discutiu a representação do bissexual na cultura popular e na tela. A artista também defendeu que ser bissexual não significa automaticamente que você acha todo mundo atraente, como o senso comum costuma sugerir.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Algumas pessoas consideram que sendo bissexual fica mais fácil de encontrar pessoas atraentes mas, eu continuo exigente e pra mim isso apenas significa que há um outro gênero com pessoas com quem eu não namoraria”.

A atriz acrescentou: “Eu venho argumentando que nós precisamos mais de bissexuais chatos representados, pois um monte de bissexuais são vilões, são malvados e são super sensuais e cá estou eu sentada, tomando um chá e tentando chamar meus gatos para virem até mim”.  

FONTE: Gay Star News

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio