Goat Me
Aplicativo Goat Me (Foto: Divugação)

Lançada nesta segunda-feira (09), a plataforma em formato de aplicativo, Goat Me, chega com tudo para revolucionar e melhorar a vida dos atletas amadores que, poderão contar com diversas opções personalizadas ao lado de muita diversidade. O nome do projeto foi inspirado no termo em inglês-GOAT– trazendo uma referência ao usuário para se tornar o melhor na categoria esportiva escolhida.

No aplicativo, será possível encontrar pessoas interessas em uma mesma partida, encontrar as melhores quadras, vaquinhas virtuais para divisão de cotas entre grupos, e até mesmo agendamento de aulas com profissionais especialistas na modalidade esportiva.

O modelo é inédito no Brasil e, contará com diferentes categorias de distração “Futevôlei, Futebol Society, Surf, Kart, Kung Fu e até mesmo Badminton. Para Paulo Monolio, o CEO da Goat Me, a intenção principal é oferecer a oportunidade para aquelas pessoas que, de certa forma, tenham sido rejeitadas de atuar no esporte em algum determinado momento de suas vidas.


“Acreditamos que o esporte não escolhe idade, sexo, gênero, orientação sexual, raça, deficiência, poder aquisitivo, habilidade, forma e condicionamento físico. A democratização do esporte é fundamental para elevar a qualidade da saúde física e mental. Queremos oferecer uma experiência àqueles que inúmeras vezes já tiveram (e continham tendo) o seu espaço negado na prática esportiva”, afirma ele.

LGBTQIA+

É mais do que importante citar que, a nova plataforma preza pela diversidade e representatividade LGBTQIA+ que, oferece aos usuários, selos personalizados aos integrantes da comunidade, por exemplo. Além disso, o critério de times variados para formação de partidas também está mais do que válido.

“Acreditamos que o esporte não escolhe idade, sexo, gênero, orientação sexual, raça, deficiência,
poder aquisitivo, habilidade, forma e condicionamento físico. A democratização do esporte é fundamental para elevar a qualidade da saúde física e mental. Queremos oferecer uma experiência àqueles que inúmeras vezes já tiveram (e continham tendo) o seu espaço
negado na prática esportiva”, afirma o CEO, Paulo Manolio que, se preocupa bastante com toda a comunidade LGBTQI+ que no mundo esportivo, sofre um grande preconceito e discriminação.

Eficiência e agilidade

Com um público direcionado para os amadores, a plataforma também proporciona detalhes pra lá de importantes aos usuários, como; exibir quais são os horários disponíveis para locação das quadras para os clientes reservarem online; oferecer planos e pacotes para fazer a gestão de aulas, calendários, professores, fluxo de caixa; divulgar cursos e eventos do seu espaço; encontrar clubes, quadras, academias e outros espaços esportivos mais próximos de sua casa ou trabalho; desfrutar das mais variadas estatísticas, avaliar e ser avaliado por seus adversários.

“Vamos começar o trabalho mais focado em São Paulo (SP) e Campinas, e futuramente faremos a expansão para outras capitais do Brasil, estratégicas para o negócio. A expectativa é finalizar o ano com 800 parceiros na nossa plataforma multiesportiva”, completa o CEO, Paulo Manolio.

Faça parte;

A inscrição aos atletas é gratuita e pode ser feita por meio do site http://atleta.goatme.app/, onde é possível visualizar o seu perfil esportivo.

Já para os estabelecimentos esportivos, basta acessar http://erp.goatme.app para submeter a um cadastro como parceiro. Após análise da empresa, o aplicativo entra em contato para finalizar os termos do contrato. Após a autorização, o estabelecimento esportivo já pode usar utilizar a plataforma de acordo com os seus critérios e necessidades.