Bandeira LGBT+ Foto/Reprodução
Bandeira LGBT+ Foto/Reprodução

Bartosz Staszewski de 29 anos, é um cineasta que visa questionar atitudes das regiões onde o preconceito é pungente. Na Polônia por exemplo, existe uma região destinada aos LGBts, chamada “Zona livre de LGBT”.

É exatamente nesse local onde ele teve a grande ideia de fotografar pessoas LGBTs para criar uma campanha contra o preconceito. Sua ação atinge o Partido Governista Polonês Leis e Justiça (PiS) que diz que a “ideologia LGBT” é uma influência negativa estrangeira e por isso deve ser combatida.

Segundo o portal Terra, até o momento o projeto conta com cinco pessoas fotografadas mas tem em mente outras 32 em cidades que ele considera que também tenham aderido ao pensamento do PiS, ou um posicionamento violento contra a comunidade gay.


“Estou visualizando, incentivando um debate”, diz o cineasta antes de fotografar seu modelo, Jakub Przybysz de 26 anos que morava ao leste da Polônia em Trzebieszow, segundo o site de notícias Terra.