“Atire em um viad*”: Marco LGBT é vandalizado com mensagem de ódio no Canadá

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pouco depois do monumento em homenagem aos LGBTs mortos pelo nazismo amanhecer vandalizado em Berlim, um marco canadense de apoio à comunidade LGBT também é violado com frases homofóbicas.

Trata-se do “Rainbow Crossing”, uma faixa de pedestres com as cores do arco-íris que corta uma importante via da cidade de Calgary, maior cidade da província de Alberta, Canadá. O marco foi vandalizado com uma pichação da frase “Atire em um veado”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O caso está sendo investigado pela polícia local como um crime de ódio. O Canadá é um dos países que mais protege a comunidade LGBT ao redor do globo. A discriminação e o preconceito, inclusive o discurso de ódio, contra a comunidade LGBT é considerada crime no país.

Nas redes sociais, diversos usuários se revoltaram com a ação e prestaram solidariedade à comunidade LGBT. Um grupo de moradores locais também foi ao local da pichação e a cobriu com frases de apoio, como “você é válido” e “amor é amor”.

Esta semana, o memorial em homenagem às vítimas LGBTs do Nazismo foi violado em Berlim, na Alemanha. Escultura que apresentava vídeo histórico de beijo entre dois homens amanheceu coberta de tinta preta.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio