Troy Deeney (Reprodução)
Troy Deeney (Reprodução)

O jogador de futebol Troy Deeney, atacante do Watford, causou polêmica após afirmar que existem muitos atletas da comunidade LGBT no futebol, mas ninguém tem coragem de se assumir.

Em conversa no podcast da BBC, Troy disse que muitos estão dispostos à falar sobre o assunto publicamente, no entanto, ninguém quer sofrer as consequências de ser o primeiro.

“Eu diria que provavelmente há pelo menos um jogador de futebol gay ou bissexual em cada time de futebol. Eles estão lá, estou 100% certo de que é assim. Se alguém se assumisse, estou convencido de que na primeira semana haveria pelo menos cem pessoas que fariam o mesmo. O problema é que ninguém quer ser o primeiro”, disse.


O esportista ainda apontou que a saída do armário geralmente ocorre após a aposentadoria, porque muitos acreditam que declarar sua sexualidade em público pode ser algo prejudicial para a carreira.

“Também me pergunto por que muitos esperam parar de jogar futebol, rugby ou qualquer outro esporte que pratiquem e depois admitem que são homossexuais. A impressão é que é algo realmente pesado para carregar durante sua carreira esportiva”, destacou.

Apesar de não existir poucos representante abertamente LGBT+ no Esporte, clubes têm se esforçado com ações para abraçar a comunidade. No Brasil, times como Bahia e Cruzeiro são destaques do setor.