Billy Santoro (Reprodução)
Billy Santoro (Reprodução)

O ator pornô gay Billy Santoro se tornou alvo de uma polêmica sobre racismo, após se posicionar contra os protestos contra o assassinato de George Floyd, que ocorrem nos EUA.

Através de seu perfil do Facebook, Billy criticou as manifestações por conta do vandalismo e afirmou que a polícia deveria “atirar antes de averiguar qualquer ocorrência”.

“Rindo muito América! Você deixa os negros saquearem como uma forma de protesto. Acorde o porra! Atirem primeiro”, escreveu Santoro em seu perfil. Não demorou muito para que o ator recebesse diversos comentários negativos.


Por conta da repercussão da publicação nas redes sociais, o ator teve seu perfil do Twitter deletado e até o OnlyFans desativado. O caso foi confirmado pela própria plataforma.

Pouco antes de ter a conta do Twitter suspensa, Billy pediu desculpas pelo comentário e afirmou que não é uma pessoa racista. Segundo o ator, a publicação foi feita no alto da emoção após a morte de um amigo.

“Um amigo meu foi morto durante os saques e eu fiz um desabado emocionalmente estressado”, escreveu. “Quem me conhece sabe que eu não sou racista. Apenas fiquei magoado com a perda do meu amigo”, completou.

Billy continuou seu pedido de desculpas e disse que já se apaixonou por homens neros: “Peço sinceras desculpas por prejudicar os negros com a minha declaração”. “Eu já me apaixonei por muitas pessoas e entendo a frustração”, acrescentou.