Alessandra Maestrini
Alessandra Maestrini (Reprodução)

Alessandra Maestrini retornará às telas no próximo dia 29, para a sérieEu, a avó e a Boi’, na Globoplay. Desse modo, incorporando Seu Rocha, uma detetive que opta por usar vestimentas tidas como masculinas, Alessandra fala ao Globo sobre diversidade e representatividade.

“Não há uma discussão mais profunda sobre a sexualidade da personagem. Ela é conhecida como Seu Rocha e todos a tratam assim. Ponto final. Ela é uma policial muito honesta e respeitada por todos. Mas é também uma cantora que brinca que, para cantar, precisa sair do armário, pois é soprano” – conta a atriz.

As pessoas das mais diversas sexualidades querem se ver representadas na televisão. É ótimo poder fazer um papel divertido, mas que também tem muitas camadas e emociona o público”, diz Maestrini, que se assumiu bissexual em 2014.


“Não acho que as pessoas públicas devam se assumir se não estão seguras disso. No meu caso, era algo de que eu sentia necessidade. E recebo depoimentos de pessoas dizendo que se sentem menos sozinhas com a minha posição. Ao mesmo tempo, não acho bacana entrar em detalhes sobre minha vida particular. O fato é que estou num relacionamento, muito feliz e ponto”, finaliza.