Lea Michele e Plastic Martyr (Reprodução)
Lea Michele e Plastic Martyr (Reprodução)

A cantora Lea Michele está sendo alvo de mais uma polêmica no mundo artístico. Desta vez a estrela do seriado Glee tem sido apontada como transfóbica, pela modelo Plastic Martyr.

Através de um comentário, que foi compartilhado também em seu Twitter, Plastic afirmou que teve uma péssima experiência com Lea durante uma premiação do Emmy, após ser vista dentro de um banheiro feminino.

Plastic conta que, na época, ainda passava pela transição e não tinha “100% de passabilidade” e Lea teria questionado sua presença no local: “com licença, você sabe que está no banheiro feminino, né?”.


“Eu me lembro que estava me sentindo linda aquele dia, e saí daquele banheiro me sentindo extremamente envergonhada”, completou a modelo, mostrando que o caso se tornou um grande trauma em sua vida.

As polêmicas envolvendo o nome da artista se iniciaram logo após ela se pronunciar contra o assassinato de George Floyd e tentar apoiar o movimento Black Lives Matter, nos EUA.

Incomodada com a postura de Lea, a atriz negra Samantha Marie Ware, que também esteve presente no seriado Glee, questionou o apoio e revelou que a atriz “fez da minha estreia na TV um inferno”, insinuando ter sido vítima de racismo.