futebol LGBT
Futebol LGBT (Foto: reprodução)

O jogador de futebol Collin Martin, que é declaradamente gay, teria sido discriminado com um insulto homofóbico em meio a uma partida na noite desta quarta-feira (30). Nesse sentido, após o entrave, o técnico da equipe interveio.

Landon Donovan, co-proprietário e treinador do San Diego Loyal, que joga na USL Championship, retirou a equipe de campo depois da discussão. A ofensa veio do jogador do Phoenix Rising, Junior Flemmings.

 “No jogo de ontem à noite contra o Phoenix Rising, um passe entre Junior Flemmings e chegou ao ponto de ele me chamar de “Bati Boy”*,  disse Martin, por meio do Twitter. *(“bicha deslumbrada” em tradução livre).


 “Durante a próxima paralisação do jogo, tentei dizer ao árbitro que uma calúnia gay havia sido dirigida a mim, no entanto, ele ficou confuso e pensou que eu o chamei de gay – por isso recebi um cartão vermelho por engano”, continuou.